06 de novembro de 2019 às 14:43

ANP: leilão do pré-sal poderá elevar o país a outro patamar


Crédito:Tânia Rêgo/Agência Brasil

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, abriu hoje (6) a Rodada de Licitação dos Excedentes da Cessão Onerosa afirmando que o leilão vai "catapultar a indústria de petróleo brasileira à primeira liga mundial". O leilão é considerado o maior da história e pode gerar arrecadação de até R$ 106,5 bilhões em bônus de assinatura.

Oddone destacou que o mundo vive um momento de transição energética, em que o uso de combustíveis fósseis está sendo revisto. Por esse motivo, o diretor afirmou que o Brasil não poderia perder a oportunidade de transformar suas reservas em riquezas.

"Continuar sem explorar o pré-sal em um momento de transição energética seria renovar uma opção pela pobreza, algo que é imperdoável em um pais com milhões de pessoas que estão vivendo na miséria e com enorme carência de recursos".

Fonte: Agência Brasil

comentários

Estúdio Ao Vivo