27 de março de 2019 às 10:39

Casos de chikungunya aumentam 15% no estado do Rio até meados de março


Crédito:ONU/Aiea/Dean Calma

Os casos de chikungunya  aumentaram 14,95% este ano no Rio de Janeiro. Passaram de 5.885, em 2018, para 6.765. Os dados apresentados pelo Ministério da Saúde referem-se até o último dia 16 e mostram queda do número de casos de dengue e de zika no mesmo período. Os casos de dengue passaram de 4.624 para 2.960, enquanto os de zika caíram de 513 para 117.

O estado do Rio aparece entre que registram os maiores índices de chikungunya no país, com 39,4 casos por 100 mil habitantes, seguido do Tocantins (22,5 casos, na mesma base de comparação), Pará (18,9 casos) e Acre (8,6 casos). Segundo o ministério, em 2019 não foram confirmadas mortes por chikungunya no Brasil. No mesmo período do ano passado, foram confirmadas nove mortes.

 

Fonte: Agência Brasil

comentários

Estúdio Ao Vivo