13 de agosto de 2020 às 14:55

Cristo Redentor recebe desinfecção nesta quinta-feira para reabertura no sábado


Crédito:Reprodução/Internet

 O mirante do Cristo Redentor passa por uma desinfecção na manhã desta quinta-feira. O monumento é preparado para voltar a receber visitantes no sábado. A limpeza é realizada pelo Comando Conjunto Leste (Cmdo Cj L), em parceria com a Arquidiocese do Rio de Janeiro e com o Parque Nacional da Tijuca.
A desinfecção começou às 7h e também será realizada no Trem do Corcovado e no Centro de Visitação das Paineiras. 

“O Cristo Redentor, que sempre acolhe todos de maneira especial, merece o nosso melhor, o melhor de nossas instituições para o bem dos nossos visitantes”, destaca o reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar.

A ação faz parte de uma série de mais de 400 desinfecções realizadas em locais públicos como: rodoviárias, aeroportos, estações de trens, metrôs e barcas, hospitais e unidades de saúde, asilos, órgãos públicos, entre outros.

O Cmdo Cj L é composto por militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira que atuam de forma conjunta no combate, controle e prevenção à Covid-19 desde o início da pandemia.

Pontos turísticos liberados no sábado

Em decreto publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, o governador Wilson Witzel autoriza a abertura de pontos e locais de interesse turísticos no Estado do Rio de Janeiro, com a limitação de 50% da capacidade de lotação. Também foi liberado o funcionamento em horário integral de agências de viagens, operadores turísticos e serviços de reservas.

A partir do próximo sábado, diversos pontos turísticos do Rio serão reabertos com um protocolo de segurança para evitar o contágio da covid-19. Entre os espaços que irão reinaugurar estão o bondinho do Pão de Açúcar, o trem do Corcovado, o aquário AquaRio e a roda-gigante Rio Star.

Outra medida incluída no decreto é a autorização para a realização de eventos sociais em ambientes como salões e casas de festa nas regiões de estado onde foi verificado baixo risco de propagação do novo coronavírus. De acordo com o decreto, a liberação vale para as regiões Metropolitana I, Metropolitana II, Centro Sul, Médio Paraíba e Norte, e os estabelecimentos terão que assegurar alguma contenção ao acesso para que seja respeitado o limite de um terço da capacidade total do local, com no máximo 500 pessoas.

As atividades presenciais em cursos nas regiões com baixo risco de contágio também foram autorizadas. Para elaborar as novas medidas, o Governo do Estado se baseou no Pacto Covid, que fundamenta a adoção de ações em relação à flexibilização ou restrição de atividades econômicas e sociais. A nota técnica é emitida quinzenalmente, com atualização e detalhamento dos indicadores do painel, no Diário Oficial do Estado.

 

Fonte: O dia

comentários

Estúdio Ao Vivo