30 de junho de 2020 às 08:08

Escritório do Crime: grupo de matadores é alvo de operação da Polícia Civil e do MP


A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio deflagraram, na manhã desta hoje, uma operação contra o principal grupo de matadores de aluguel do Rio: o Escritório do Crime. Agentes cumprem seis mandados de prisão contra os chefes do bando, além de 31 de busca e apreensão em vários pontos da cidade. Alguns locais são residências de três ex-PMs e de um policial inativo. O principal alvo é Leonardo Gouvea da Silva, o Mad, foi preso na casa dele, na Vila Valqueire, na Zona Norte do Rio.
De acordo com as investigações, Mad e seu grupo são acusados do assassinato do empresário Marcelo Diotti da Mata, no estacionamento de um restaurante, na Avenida das Américas, Barra da Tijuca, no dia 14 de março de 2018. Diotti foi alvejado ao lado de seu carro. No local, foram encontradas cerca de 20 cápsulas de calibres 7.62 e 5.56. A data do homicídio de Diotti coincide com a dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, no Estácio, na Zona Norte do Rio. Os dois crimes ocorreram à noite.

Fonte: Extra

comentários

Estúdio Ao Vivo