10 de setembro de 2020 às 09:23

Flamengo ajusta defesa e mantém sequência de evolução sob o comando de Dome


Crédito:Reprodução/Internet

Aos poucos, conceito a conceito, Domènec Torrent vai conseguindo abrir seu caminho no Flamengo. A vitória sobre o Fluminense por 2 a 1 confirmou a sequência de evolução da equipe - são sete jogos de invencibilidade e quatro triunfos seguidos -, em que a cada partida um novo tijolo vai sendo colocado no novo prédio rubro-negro.

Ao contrário do que é normalmente apregoado no futebol, Dome começou a montar suas bases pelo ataque, e não pela defesa. Desde que optou pelo 4-2-3-1, o técnico clareou a parte ofensiva do Flamengo, que vem dando boas respostas desde o triunfo sobre o Santos.

Ajustes na defesa

Diante do Fluminense, foi a vez de se detectar uma evolução na defesa. Se nos jogos anteriores o time ainda parecia inseguro, especialmente na transição, ainda sem muitas referências para a marcação alta, o clássico no Maracanã mostrou melhorias.

Especialmente no primeiro tempo, a linha defensiva chegou a jogar toda no campo de ataque, mesmo quando a posse de bola era do rival. O Flamengo marcou num 4-4-2, deixando Diego mais à frente com Gabigol.

Mais do que o posicionamento alto por si, chamou a atenção uma maior compactação entre as linhas e uma coordenação melhor ajustada - destaque para Thiago Maia, impecável cobrindo as subidas de Isla, por exemplo.

A marcação pressão foi uma das características mais marcantes do Flamengo de 2019 e também faz parte dos conceitos de Dome. Mas é algo muito mais complexo de se ajustar, ainda mais num cenário com pouco tempo para treinos.

Aos poucos, o técnico vem conseguindo aprontá-la do seu jeito. Quando a estratégia funciona, o time domina completamente a partida, como foi o primeiro tempo.

- Taticamente acho que a cada dia jogamos um pouco melhor e entendemos o que queremos fazer contra cada adversário. Acho que estamos todos melhores. Eu também - disse Dome após a vitória.

 

Fonte: GE

comentários

Estúdio Ao Vivo