11 de julho de 2019 às 14:21

Jovens acusados de estupro coletivo em Macaé são condenados a 32 anos de prisão


Crédito:Reprodução/Clique Diário

Dois jovens acusados de participação em um estupro coletivo cometido na cidade de Macaé foram condenados a 32 anos de prisão, em regime inicial fechado. O caso foi julgado em juri popular na última quarta-feira (10). A sentença só foi divulgada na madrugada desta quinta-feira (11), quando a Juíza da 1ª Vara Criminal de Macaé, Priscila Macuco Ferreira condenou os acusados por tentativa de homicídio quatro vezes qualificado, estupro, sequestro e cárcere privado. 

Os acusados são Carlos Maurício Ribeiro Dutra, de 21 anos e Éder Moraes Reis, de 22. O crime foi cometido contra a jovem Tainá Silva, no dia 9 de novembro de 2016, em uma fazenda abandonada, no bairro Imburo, em Macaé. Na época a jovem estava com 16 anos. 


Fonte: Clique Diário

comentários

Estúdio Ao Vivo