16 de outubro de 2020 às 15:30

Petrobras reajusta em 32,9% o preço do gás natural para o Rio de Janeiro


Crédito:Reprodução da internet

A Petrobras anunciou um reajuste de 32,9% no preço do gás natural para o Rio de Janeiro. O impacto para os clientes da Naturgy, distribuidora de gás canalizado no estado, começará a valer a partir de novembro. Para os clientes da Região Metropolitana do Rio, o reajuste será de cerca de 5,5% para o mercado residencial, de 8,3% para o comércio, de 20,4% para as indústrias e de 26% para postos de GNV, dependendo da faixa de consumo. Já para os clientes que moram no interior do estado, o reajuste médio será de 7,5% para residências, de 14,8% para o comércio, de 22% para as indústrias e de 27,5% para os postos de GNV.

Ao longo do ano, o preço do gás natural vendido pela Petrobras acumula queda. Ou seja, mesmo após esse aumento, o custo do gás ainda estará 3,8% mais baixo do que em janeiro deste ano.

GNV ainda é mais econômico

Mesmo após o aumento de novembro, o GNV continuará sendo o combustível com maior competitividade. A gasolina também teve seu preço aumentado pela Petrobras no último dia 10. Considerando a média de preços que deverá ser praticada nos postos, quem utiliza GNV poderá economizar até 50% por mês em relação à gasolina, na Região Metropolitana, e até 55% no interior do estado. Já a economia em relação ao etanol poderá chegar a 43% na Região Metropolitana, e a 49% no interior do estado, para quem usa GNV.



Fonte: R7

comentários

Estúdio Ao Vivo