Educação se reúne com grupo “Mães Unidas” em Macaé

Nesta quarta-feira (15), a sede da Secretaria de Educação recebeu representantes do grupo “ Mães Unidas” com o objetivo de dialogar, esclarecer dúvidas e questionamentos sobre o "Bolsa Alimentação". Um dos focos do encontro foi a concessão do auxílio de R$ 200,00 e sua suspensão para os alunos de escolas que já retornaram presencialmente e estão seguindo os protocolos com o devido fornecimento da merenda escolar. Outro esclarecimento foi sobre o pagamento aos alunos das 18 escolas municipais, que ainda não voltaram às atividades presenciais por estarem passando por adequações estruturais.

A Secretária de Educação, Eliane de Araújo e a Secretária Adjunta de Educação Básica, Leandra Lopes estiveram com as representantes Jessica Maria da Silva, Sabryna Teder e Renata Vianna. Na pauta, outros assuntos foram destacados como: o atendimento para aluno especial, a parceria junto à Secretaria de Saúde para exames urgentes e necessários aos estudantes da rede municipal, alimentação escolar e atendimento dos auxiliares de serviços escolares (ASES).

Para a Secretária de Educação, Eliane de Araújo, o momento de escuta e diálogo foi muito produtivo. "Falamos sobre a importância do retorno presencial do aluno e do acompanhamento familiar, que é fundamental para trabalharmos em parceria, sempre buscando o melhor para nossos estudantes e para a Educação de Macaé. A Secretaria de Educação se colocou de portas abertas para receber o grupo sempre que necessário for", ressalta.

Vale lembrar que a concessão da 18ª parcela do Bolsa Alimentação, que começou a ser liberada nesta quarta-feira (14), está sendo direcionada apenas para os alunos das 18 escolas que ainda passam por processo de adequação para o retorno presencial, tendo, assim, continuidade aos serviços de manutenção que já estão sendo executados. O "Bolsa Alimentação" foi criado com a finalidade de garantir a segurança alimentar dos alunos para compensar os efeitos da falta de oferta de merenda escolar durante a situação de emergência, mas, com a volta das aulas presenciais, todo o processo de atendimento aos alunos nas unidades municipais está sendo retomado.

Comentários