Macaé: Estudantes recebem óculos gratuitamente

Com a proposta de reforçar a prevenção da saúde do estudante da rede municipal, a Secretaria de Educação da Prefeitura de Macaé prossegue com a distribuição de óculos. O trabalho é realizado por meio do Programa Saúde na Escola (PSE). Nesta quinta-feira (21), os alunos e responsáveis, previamente agendados, foram escolher uma das 27 armações, específicas para cada problema de visão, na sede da secretaria. Cerca de 300 alunos estão cadastrados para o recebimento gratuito dos óculos.

Antes da escolha, os pais ou responsáveis detectaram dificuldades na visão e confirmaram o problema através de exames clínicos e apresentação de receita, apontando a necessidade do uso de óculos por parte dos alunos. Posteriormente, a solicitação foi encaminhada para os diretores das escolas. Mediante o pedido, os gestores enviaram ofício para a Secretaria de Educação, que agendou o dia da escolha da armação e a data da entrega na escola de origem do aluno. O processo de medição e distribuição dos óculos é para os estudantes devidamente cadastrados pela pasta.

A escolha foi motivo de alegria para alunos e familiares. Entre eles estava Joshua Henrique Nogueira, do pré II, da Escola Municipal de Educação Infantil Norma Shirley da Silva Fernandes. Acompanhado pela mãe, Daise Nogueira, o aluno fez questão de escolher a armação. "Ele tem estrabismo e, desde criança, precisa usar óculos. Estou muito satisfeita em receber gratuitamente", contou Daise.

Com três anos, o pequeno Elias Gabriel de Souza, da Escola Municipal de Educação Infantil Dr. Juventino da Silva Pacheco, ficou encantado com as opções de armações. "Identificamos rápido, por conta de problemas de saúde, que ele necessita de óculos. A oportunidade de receber a doação é maravilhosa", contou a mãe, Gisele de Souza.

A recomendação da Secretaria de Educação, através do Programa Saúde na Escola, é detectar os problemas de visão e tratá-los o mais cedo possível. Segundo a Secretária Adjunta de Educação Básica, Leandra Lopes, a saúde do escolar é uma das prioridades da rede municipal. "Com o trabalho integrado entre as secretarias estamos ajudando nossas crianças a ter mais saúde, mais educação e mais qualidade no aprendizado", frisou.

Já a Superintendente de Educação Integrada, Janaina Pinheiro; e a Coordenadora do PSE (Educação), Teresa Hughet, ressaltam a importância da observação e pontuação dos familiares e professores quanto à necessidade do uso dos óculos. "É fundamental que haja apoio ao aluno para que ele encare com naturalidade e positividade o uso de óculos. E não deixe de usar, principalmente em sala de aula", enfatizaram.

Vale lembrar que é fundamental que os responsáveis levem crianças ou adolescentes ao oftalmologista para os exames médicos assim que perceberem qualquer dificuldade no aspecto visual. O diagnóstico precoce de problemas na visão antecipa o tratamento e melhora não só a aprendizagem, mas toda a vida da criança. Os alunos que apresentam deficiências visuais podem ter o acompanhamento das aulas comprometido. A utilização de óculos minimiza possíveis problemas no processo ensino-aprendizagem. A distribuição dos óculos e a medição seguem a determinação da Lei Complementar nº 2874/2007.

Comentários